Eu não quero mais passar anos da minha vida maquiando uma dor para entendê-la como saudade. Sabe por que? Porque dói muito e dói mesmo. Meu coração foi arrancado sem aviso prévio ou anestesia. Descobri que por anos foi como se eu dissesse a tudo e a todos: 'Por favor me distraia'. 'Me faça esquecer'. 'Pode até me fazer sofrer, assim eu aproveito pra chorar'. Eu apenas queria um meio de desviar a atenção do buraco que tinham deixado em meu peito. Um vazio que nunca será preenchido, por amor nenhum. Eu daria tudo pra te ver por um segundo que fosse. Pra sentir o abraço dos TEUS braços. Me sentir protegida pelo olhar dos TEUS olhos. E sentir de novo aquela paz que só o SEU amor me dá. Por todo esse tempo eu procurava a coisa errada. Eu culpava as pessoas erradas. Eu procurava sempre um porquê. Tudo pra tentar esquecer daquele dia, daquela noite, e de todos os outros que se sucederam sem você aqui. Eu me sinto como uma criança perdida chamando pela mãe. Acho que é exatamente isso que sou.


_________________


Saudade sem cura (...)




Eu estou exatamente onde Deus quer que eu esteja!
Paz e Bem!

1 comentários:

Alinee disse... Responder

Faz de conta que eu sou sua bateria ta bom? Sempre que precisar de força eu to aqui pra ti carregar e recarregar =)

As vezes vai tah no 110V as vezes no 220V...mas o importante é a gente não desistir ^^

Bjão
(L)

Deixe um comentário

Bem-Me-Quer, Mal-Me-Quer

^
Segredos de Travesseiro © 2012 | Layout por Kakau com Limão | Ilustração por Desi.