Mais uma vez eu senti minha estrutura abalada e senti a minha alma tremer de medo. Eu não aprendi a perder. A perder amores, amigos, saúde, vidas. A morte é a única coisa certa nesse mundo e nós nunca estamos preparados. Tentamos não pensar e vivemos como se sempre fosse haver o amanhã. A gente deve olhar pra dentro sim, mas também devemos olhar para o lado, pra quem se ama e pra quem te ama. Mais uma vez eu não fui capaz de perceber o que acontecia. Eu digo que nunca fui boa em interpretar. Eu preciso ouvir as palavras, pois as vezes o silêncio pra mim é apenas silêncio. A única condição pra se viver é morrer e essa certeza muito me assusta!



*


Eu queria te colocar num potinho e te guardar pra sempre!


Eu estou exatamente onde Deus quer que eu esteja!
Paz e Bem!

2 comentários:

Tais Cruz de Melo disse... Responder

adorei seu blog, gabilindinhadomeucoração!
li tudinho tudinho!
um beeijo grandão!

Daniele Giovanelli disse... Responder

É... a saudade a gente vai aguentando... Não tem outro jeito!
Mas é bom sentir vc sempre perto... [transmimento de pensação né?! de pensação e coração]

AhHh... E pra vc eu não ia mandar o clone, ia mandar a original =D

Te amo...

\ Avião sem asa, fogueira sem brasa, sou eu assim sem vc /

Deixe um comentário

Bem-Me-Quer, Mal-Me-Quer

^
Segredos de Travesseiro © 2012 | Layout por Kakau com Limão | Ilustração por Desi.