[Não basta o compromisso, vale mais o coração...]
1º de Julho - Renato Russo


Eu não resisto a falar de amor. Sou uma romântica irremediável. Amor pra mim está acima do bem e do mal, do sim e do não, do certo e do errado. O amor não escolhe lado. É desprovido de juízo, de medida, de cálculo das perdas e danos. Amor é mais que tudo isso. É ver a vida colorida, sorrir involuntariamente e achar graça em tudo que existe. É dar folga pra sanidade,  porque o amor e a loucura são inseparáveis. Quase não se sabe qual é qual. Para ele não existe dia, local certo ou hora marcada. Ele simplesmente é. Nasce. Acontece. Permanece. Reconhece. Eterniza-se. Se acabar é porque amor não era. E eu sabia que você estaria ali para mim. Agora já sabemos o quanto pensamos um no outro com o coração. Temos o que ficou. E aquele para sempre ainda vai se cumprir. Isso é amor. Amor sem fim. Vocês sabem o que é isso?


.



Acho que pela primeira vez em muito tempo eu estou conseguindo pensar em mim. Só em mim. Não com egoísmo, mas com a preocupação e o cuidado que todo mundo devia ter consigo mesmo. A meta é a paz de espírito. Tá dando certo, viu?!



Paz e Bem!

1 comentários:

Kelly disse... Responder

Gabii, vc está escrevendo muito bem!
beijos
=*

Deixe um comentário

Bem-Me-Quer, Mal-Me-Quer

^
Segredos de Travesseiro © 2012 | Layout por Kakau com Limão | Ilustração por Desi.