O cinza das suas palavras cobre o verde dos lindos olhos da esperança. Os mesmos que me vêem através daquele muro de vidro. Você decidiu por nós e eu parei de arrumar desculpas pra erros que não são meus. Esses não. Eu sinto meus pensamentos flutuando sobre a minha cabeça. Alguns voam alto, pra bem longe, feito balões coloridos dançando com o vento. E quando voltam trazem consigo todas as palavras que eu não deveria ouvir. Tenho um nó de estimação que trago dentro do meu peito e uma vontade fatal de caminhar no escuro. E é esse 'apesar de tudo' que eu gostaria de pegar com as mãos e guardar em um cofre de segredo indecifrável com o meu coração junto.






.




Sabe qual é o meu desejo pra hoje?
Ter uma conversa franca com a minha mãe. Uma única pergunta.
E o que quer que fosse a sua resposta, pelo sim ou pelo não, me aliviaria profundamente a alma.




.



Deus é nosso Sol e nosso escudo!
Salmo 83


Paz e Bem!


Ouvindo: Garotos II - Leoni e Dinho Ouro Preto


3 comentários:

Pedro disse... Responder

Quase chorei com seu post! E não estou sendo irônico ou sarcástico, você retrata seus sentimentos e pensamentos na sua escrita, como se vc chorasse lágrimas e estas se tranformassem em tinta em um papel, descrevendo o que vc sente e o que vc é!

=)

PS: Dá-lhe Tricolor!

Kelly disse... Responder

Lindo!

=*

Anônimo disse... Responder

caaaaaaara, você não sabe o quanto me identifico com o que você escreve.
estou a horas lendo e não me canso.
é verdadeiro, eu sinto.

Deixe um comentário

Bem-Me-Quer, Mal-Me-Quer

^
Segredos de Travesseiro © 2012 | Layout por Kakau com Limão | Ilustração por Desi.