Eu perdi as borboletas enquanto procurava o caminho de volta. Esqueci-me de puxar os pensamentos pra perto, pra dentro. Sabe o que mais eu perdi? O verde do arco-íris. Justo o verde que eu gosto tanto. Perdi quando tapei os olhos para não ver a verdade assim tão escancarada, tão descarada na minha frente. Bom, quanto a falar, eu falei. Gritei, clamei inexpressivamente para mim mesma. Quem tem ouvidos que ouça, não é? Mas tenho medo de ouvir o meu dentro, porque o meu eu nunca se engana e essa certeza muito me assusta.




O último que sair apague a luz, por favor!




Paz e Bem!

1 comentários:

Moça do Fio disse... Responder

Perdeu as borboletas? Eu posso te ajudar a encontrar o caminho.

Quer o verde do arco-íris? Posso te dar o azul do céu também.

E quer que apague a luz? Tudo bem. Prometo não soltar a tua mão ;-))

Beijos.

Deixe um comentário

Bem-Me-Quer, Mal-Me-Quer

^
Segredos de Travesseiro © 2012 | Layout por Kakau com Limão | Ilustração por Desi.