Quando eu te for de novo, serei eu mesma então...



"Quando não estás aqui sinto falta de mim mesmo"

Renato Russo



Quando eu apareci, você nasceu. E desde então eu comecei a ser você de dentro para fora. Eu sou um querer quase sem querer. Munida de um amor atemporal, que até hoje não sabe a força que tem. Quando reconheci o meu anjo, eu chorei lágrimas de um carinho infindo e solucei uma veneração gratuita. E desde então eu sou você de fora para dentro. Meus olhos pequenos te revelam. Minha lentigem te comprova. O meu descoramento te declara. Sou sua nevada em pleno verão. Eu sou você desde então. Agora eu te vivo para dentro. Aqui na alma que é o lugar onde você mora, logo embaixo do coração que você sustenta. Provida de uma saudade sem cura e de um 'pra sempre' que nunca acaba. E hoje eu me encontro assim, dotada das lembranças de um pretérito mais-que-perfeito, tentando me eleger mãe de mim.




.




Ao menos uma cartinha...
Feliz Dia das Mães!







Paz e bem!

22 comentários:

C. disse... Responder

Esse bilhetinho já deve ter chegado ao céu Gabi, e sua mãezinha com certeza se emocionado.
O texto mais enxuto e completo que eu li para homenagear as nossas maes que já se foram. Maravilhoso!

Empadilha disse... Responder

mãe a criatura mais cheia de amor que existe!
muito bom...
parabéns...

Silvana Alves disse... Responder

oie... mãe é uma só. sempre!!


Para Sempre


Por que Deus permite
que as mães vão-se embora?
Mãe não tem limite,
é tempo sem hora,
luz que não apaga
quando sopra o vento
e chuva desaba,
veludo escondido
na pele enrugada,
água pura, ar puro,
puro pensamento.
Morrer acontece
com o que é breve e passa
sem deixar vestígio.
Mãe, na sua graça,
é eternidade.
Por que Deus se lembra
- mistério profundo -
de tirá-la um dia?
Fosse eu Rei do Mundo,
baixava uma lei:
Mãe não morre nunca,
mãe ficará sempre
junto de seu filho
e ele, velho embora,
será pequenino
feito grão de milho.


Carlos Drummond de Andrade

Flores Atiradas disse... Responder

Ah, que lindo !
Mãe é tudo que a gente tem, as vezes um obrigado , por todas as coisas que elas fazem, parece pouco né? mas é o bastante pra que elas se sintam super-mãezonas.

Tais Cruz de Melo disse... Responder

Gabriela Castro, sou sua fã em gênero, número e grau!
Achei lindo demais o que você escreveu, lindo mesmo!
Obrigada pelo UP no final de semana!
Amo você, Gabizinha do meu coração!

Paula disse... Responder

Que lindo bilhete!!
Poxa vida, eu sinto muito por sua mamãe... espero que ter escrito esta carta tenha te consolado de alguma forma e te feito mais tranquila. Sua forma de escrever é profunda e eu aprecio muito isso.

Obrigada pelo elogio la no meu blog! Eu fiquei envergonhada!!!...rs

Flavih Jones disse... Responder

Que perfeito.
Fiquei encantada com a profundidade das tuas palavras.

Fiquei sem o que dizer.
Simplesmente perfeito.

Adorei teu blog.
Beijo

Flavih Jones disse... Responder

Me apaixonei pelo teu blog.
Passei a tarde lendo, lendo.
Vc escreve de maneira que inspira.

Virei fã. rs

Beijo

Moça do Fio disse... Responder

Acho que mais atemporal que este amor, que a vontade de estar perto, é tua doçura, é o amor que você transmite ter pela tua mãe.

E isso é belíssimo, meu bem.

Beijim.

Fernanda Leal disse... Responder

Suas declarações são lindas! Amo o jogo que você faz com a palavras e o sentido que elas acabar adquirindo no final das contas. Perfeito.

Erica Ferro disse... Responder

Lindo.
Me emocionei.

Camila Menezes disse... Responder

Gabi, sou sua fã incondicional!
Você tem que escrever um livro com essas suas palavras doces e serenas!
Adoro-te!
Beijinhos

Michele Hubner disse... Responder

amor maior.

Amanda Paula disse... Responder

Muito lindo =)

bjss

Flores Atiradas disse... Responder

Todas nós sofremos com isso ! Seria esse um mal feminino ? rs Beijos Lindona

Flores Atiradas disse... Responder

Ah, tem meme e selo pra você :D

Beijos

mrc9002 disse... Responder

Todas as mães mereciam uma demonstração de carinho como esta...
E quando puder: http://mrc9002.blog.com
E também já estamos no formato podcast: http://podrir.blogspot.com - Ouça e divirta-se!!!

Flores Atiradas disse... Responder

Já pensou ? Poder matar o safado do cara que te traiu ? rs
Isso, vc indica outros blogueiros e responde as perguntinhas !

Beeeeeeeijo da Flor

Flores Atiradas disse... Responder

Oi doois !

Hod disse... Responder

Gabi linda homenagem a sua mãe!!
Permaneça nela até reencontrá-la!

Aloha!!
Hod

Kelly disse... Responder

Simplesmente lindo, como sempre
Fiquei sem palavras...
e emocionada.

Beijo Gabi!

Anônimo disse... Responder

o que eu estava procurando, obrigado

Deixe um comentário

Bem-Me-Quer, Mal-Me-Quer

^
Segredos de Travesseiro © 2012 | Layout por Kakau com Limão | Ilustração por Desi.