Sendo Assim...


Aqui estou eu tentando virar palavra, para ver se eu me livro desse medo de ser silêncio, desse que vem quando o coração se aquieta no peito e a alma se abstém de falar. Na verdade, eu tenho medo do que está implícito nessa ausência, dessa minha alma que parece estar bem acomodada dentro da minha existência real e sensível. Quero transbordar. Procurei as letras cá dentro. Tentei retirá-las de uma maneira delicada para que não me firam. Impossível, pelo menos dessa vez. Não há como retirar a gema de um ovo sem quebrar a casca, assim é a vida de quem vive em si. Eu tenho que conviver comigo todos os dias e isso pesa. Eu me sinto em grande desordem, mesmo estando tudo bem ordenado aqui dentro. Será esse o preço que se paga por estar sendo? É tão difícil encontrar, todas as manhãs, o melhor jeito para atravessar as horas e chegar inteira ao fim do dia. Mais difícil ainda é a tentativa de estendê-lo até o amanhã e até o depois e depois e depois de amanhã, para enfim ser futuro, sabe? Qualquer dia desses eu tropeço na minha própria finitude e que a minha morte de fora chegue antes que a de dentro, porque o meu maior medo é morrer pelo avesso. Quero ser, para sempre, início.








Paz e bem!

42 comentários:

SomeOne disse... Responder

Maravilhosas as tuas palavras! E te entendo absurda, profunda e doloridamente! Viver de sentimento e transbordamento não é fácil, mas é o que você é, e vais precisar aprender a lidar consigo mesma, de modo a não tentar ser outra além de sua essência, mas de forma que esse "ser" intenso não te trague mais do que o necessário! Bjs.

Mandy disse... Responder

Nossa, essas suas palavras tocaram lá no fundo mesmo. Muito bom. :)
Beijoos
Mandy

Pequena :) disse... Responder

Saudade de te ler, minha linda! E eu nunca mais a vi no MSN, como estão as coisas?
Só para que saibas, te ler é sempre um início, uma nova aventura, um mergulho no que não defino, mas a sensação é sempre positiva, sempre um começo!


Beijo, ♥!

nicolegica disse... Responder

adorei o final, Gabi!!

Priscila Rôde disse... Responder

Gabi, escreva um livro! rs
Me encontrei e me perdi no seu texto..

Somos mulheres de inícios. Recomeços!

Um beijo.

Camila Mancio. disse... Responder

me perco nas palavras bonitas que você escreve.

amei.

Mariana Rosa disse... Responder

Oii!
Tem sorteio lá no blog Mariana Rosa, passa lá!

Beijos,

Mariana Rosa

Carlinha disse... Responder

Gabii, que saudade!!
Vc não sabe como fico ansiosa pra ler seu blog, ainda mas quando você some assim!!
Que post lindo... acho que morrer pro dentro é sempre um medo, pra mim maior do que o de morrer por fora, porque se dentro está morto acaba não existindo vida verdadeira nê?!
Buscar inícios é sempre uma meta!!

Vê se não larga nossa mão por tanto tempo!! =D

Silvana Alves disse... Responder

eu tbém ando num silêncio.. sem abismos, mas não me rendendo as palavras. vai saber????

bom te ler, como sempre.. falando por mim.
biejos

Mel disse... Responder

Nem precisa comentar que tu arrasa. Parabéns!

Sarah Elisa disse... Responder

Lindas pralavras!há tempos não via seus posts, e esse veio para arrebentar!!rs. Beijoss

Flor disse... Responder

Eba, ela atualizou :D
e lindamente (:
Olha, por mais que eu tenha oq eu quero tanto, a ausência me sufoca e tem sido tão difícil atravessar o dia e chegar inteira no fim ;/
rs

Beijo meu amooor ;*

TOTY disse... Responder

Ai linda! Sempre linda! Tudo lindo!
Se arruma e volta! A gente espera!
Beijo

TOTY disse... Responder

Ai linda! Sempre linda! Tudo lindo!
Se arruma e volta! A gente espera!
Beijo

Dimes disse... Responder

Nossa! Gostei de cada palavra! PERFEITO!

Depois visita bem blog tá? Comenta lá!
http://dimesdimes.blogspot.com/

V. disse... Responder

Gabi!

Você voltou!! ;-)) Saudade de suas palavras.
Não há mesmo como tirar algumas letras de forma ordenada. Sejam escritas ou faladas.

Beijo.

Hod disse... Responder

Tri legal Gabrtiela, texto emocionante e intenso.

Bom fim de semana.

Abraços

Fernanda Avlis disse... Responder

Meu Deus! Como é que eu pude ficar tanto tempo longe? Pode parecer hipocrisia e exagero, mas juro que não é. É incrível a capacidade que os seus textos têm de, sei lá, tocar a alma e decifrar o que você nem sabe que precisava ser decifrado.
Seu talento me impressiona cada dia mais, Gabi. E falo sério!
Como você tá, hein?

Grande beijo para ti.

PS.: É a Nanda, lá do Entrelinhas. haha

Melancia disse... Responder

"Quero ser, para sempre, início"
que maravilhoso!
você sempre arrasa!

um beijo e um queijo ;@

Malaguetta disse... Responder

maravilhosas tuas palavras
adorei teu blog

Melancia disse... Responder

você é uma fofa mesmo. adoro seus textos! precisa continuar escrevendo, você tem um dom!

um beijo e um queijo ;@

Solange disse... Responder

e você sabe ser início como ninguém...

lindo esse seu escrever... a mim em nada és silêncio...

beijo

Melancia disse... Responder

renato era um gênio mesmo.
e você também é! *-*

Desi disse... Responder

Oi, Gabe!
Obrigada pelo recadinho de feliz dia do amigo. Quero desejar para ti tbm, apesar de estar mais atrasada ainda, ehehe
Mas é de coração :)

beijos!

Evelyn Ceinwyn . disse... Responder

E que sejas início sem fim!
Amei teu cantinho, estou seguindo.

abraço.

Fernanda disse... Responder

Lindas palavras, me tocaram bastante.
um beijo

Flavih Jones disse... Responder

Sempre passo aqui, mas ando numa correria tão terrível que não tenho tempo pra postar.
Mas tuas palavras são sempre um reencontro para mim. Eu não escreveria melhor.

beijos

Flor disse... Responder

hm, acho que é por causa to twitter, amor.
cancela, acho que entra do mesmo jeito né ?

Thaís. disse... Responder

É tão difícil encontrar, todas as manhãs, o melhor jeito para atravessar as horas e chegar inteira ao fim do dia.

Permita-me, Gabizoca: você foi perfeita, aqui.

Um beijo, linda.

Paula disse... Responder

Gabi, você escreve fantasticamente bem .... são poesia pra mim, e além de muito perceptivas, são também absurdamente pertinentes ...
Te agradeço sempre por trazer essas palavras à mim ...
Beijo querida!

Tácila R. disse... Responder

Lindo texto.
Você disse tudo, por mim e por ti.
Bom, também tenho medo de morrer pelo avesso.
Vivo tentando externar as feridas, para que não haja uma infecção generalizada na minha alma.
Seu blog é lindo, virei sempre.
beijos.

Erica Ferro disse... Responder

Pode revelar: tu és filha da Lispector, né? =P

Só não posso morrer interiormente antes de morrer fisicamente. Isso não!

Saudade d'ocê também.
=**

Melancia disse... Responder

Gabiiii! *-*
você deveria escrever mais!
saudades dos seus textos!

um beijo e um queijo ;@

*Maluh Mah* Marinha Luiza disse... Responder

Simplesmente perfeito!
Quero ser sempre inicio tbm!

Bruninha disse... Responder

Que bençãaaaaaaao de textooo!!

Simplesmenteee ameeeeeeei esse texto, suas palavraaaaaas são encantadoraaaas.

Tô add e seguindoooo!!!

Bjs

Dany disse... Responder

Gabi, vou falar uma coisa que vc me disse uma vez: “Brinca de aparecer, vai?!”... rsrs

“Te ler” é sempre muiiito bom!!! =]

Me encontrei nesse trecho: ”É tão difícil encontrar, todas as manhãs, o melhor jeito para atravessar as horas e chegar inteira ao fim do dia.”, lindo-lindo Gabi!!!

Adoro você!!!

Beijos Mil.

Anônimo disse... Responder

Menina de Deus, cadê você que nunca mais escreveu??? Seus textos são MARAVILHOSOS e não podem parar!!!

Alê Ferraz disse... Responder

Gabi,

Visitar teus segredos de travesseiro é como passear num jardim. Porque aqui, até as emoções mais tristes viram primavera.

E as suas palavras, flores. As mais belas. Ninguém seria capaz de cultivá-las como você.

Obrigada!

Beijo!

Alice disse... Responder

Fazia tempo que não vinha aqui! Tinha esquecido o quão bom são seus textos, adorei! :)

Beijo

mente inconstante disse... Responder

Saudades daqui... :)
AMEI o final:
"quero ser para sempre início."

Carolina Hermanas disse... Responder

Realmente, o maior desafio que tentamos enfrentar é o de viver.Viver com um sorriso na alegria todos os dias, sem nos importar com aquelas coisas que fizeram nosso dia ser um saco, porque afinal, temos que aproveitar cada minuto.Quem dirá que esse momento voltará algum dia? :)

-

lindo,lindo *_*


beeeeijão!

Pequena :) disse... Responder

Sempre bom ler-te. Sempre um prazer. ;)

Deixe um comentário

Bem-Me-Quer, Mal-Me-Quer

^
Segredos de Travesseiro © 2012 | Layout por Kakau com Limão | Ilustração por Desi.