Essência e Excesso



Estou com saudade de qualquer coisa que me lembre sobre como era a minha vida antes de você. É que você desperta o que em mim é, ao mesmo tempo, essência e excesso. Se não for amor, então não sei.  Olho tanto para dentro, que é onde você está. No lugar mais lindo que uma pessoa possa existir em alguém. Você pode ver isso?

Os sonhos vão sendo destruídos, as expectativas vão sendo despedaçadas, os encantos foram quebrados, as promessas foram desfeitas e as máscaras caíram-se todas. Mas você, você continua aqui, em pé, imune e inabalável. Você está a salvo, num esconderijo no fundo da minha alma, onde fica tudo o que de bom me foi levado. Lá, naquele velho lado esquerdo.

Vou te contar que eu coleciono os seus erros, desvendo os seus segredos e os seus pretextos eu já sei de cor. Mas, se eu pudesse voltar no tempo, eu não faria nada diferente. Não existe jeito melhor do que aquele que vivemos. Não vai existir nada melhor, nunca. Queria, que quando eu acordasse pela manhã, você tivesse ido embora de mim. Assim, sem dor nenhuma. Enquanto nada disso faz sentido, sigo argumentando comigo mesma, que o amor dói assim mesmo.

Se a gente pensar bem, nós precisamos, todos os dias, de um pretexto para continuar vivendo. Você é a minha prosa e só por você é que sou poesia. Se você soubesse quantas possibilidades abre uma verdade, quantas almas salva, quantos encantos desperta. Se eu tirar da gaveta o meu melhor sorriso, você jura que guarda o meu medo da solidão? O meu mal é achar que o amor justifica tudo. E quem é que pode garantir o contrário?

Eu pularia sem saber onde os meus pés estariam no próximo segundo - se nesse mundo ou no seu. Eu arriscaria o verbo para descobrir, se assim você me pedisse. Você precisa apenas segurar a minha mão e não soltá-la nunca, tá?! Às vezes eu sinto vontade de te pedir “Por favor, me ame”, mas eu não posso. Quem dera se bastasse apenas desejar e fazer um pedido. Gênio da lâmpada, meus outros dois desejos, eu passo.












Paz e bem!

17 comentários:

Anônimo disse... Responder

Seus textos são D.E.M.A..S!!!! Minto, eles são MAIS QUE DEMAIS!!! Só acho que você deveria posta-los todo santo dia, pois entro no seu blog e busco novidades todos os dias, e só as encontro de vez em quando... posta mais, muito mais, todo dia!!!!

cecilia disse... Responder

Quem dera se fizemos um pedido pra nós amar e ele fosse realizado.Vai vê é como naquele velho clichê que quando menos esperamos aparece alguém,tem que ter paciência e esperar.Quem sabe vale a pena
Beijos

Silvana Alves disse... Responder

meus DEUSSS...
vc sempre arrasa, mas desta vez.. foi muita superação.
e este gênio.. ele bem que poderia vir me visitar e quem sabe.. ah e quem sabe o amor torne-se verdadeiro.
beijos

Flor disse... Responder

A gente conversa tanto, eu sei tanto! Esse amor chegou complicado, fez mudanças lindas e de forma não muito agradável, passou levando pedaços seus.

Bem que tudo podia ser como a gente quer :/

Te amo ♥

Priscila Rôde disse... Responder

Escreve um livro, Gabi!

Carlinha disse... Responder

Ai Gabi tem horas que eu nem sei o que escrever aqui nos comentários, por que nê?! Fica difícil depois de ler algo tão lindo e perfeito assim, parece que tudo que eu escrever aqui será sempre tão pequeno... Mas, tá muito lindo mesmo, agende lê e começa a pensar em coisas da nossa vida sabe? "queria, que quando eu acordasse pela manhã, você tivesse ido embora de mim" achei isso tão eu! =P

pequena disse... Responder

Ai flor, seus textos são sempre lindos e demais ...

bjo e boa noite!

Bianca Brito disse... Responder

Gabi sempre com seu textos lindos. Passei aqui pra avisar que o Modelando Paradigmas tá de volta, avisa pra todo mundo! =D

Beijos querida

Thaisa Schelles disse... Responder

Nossa que lindoo, lindo demaiss... me identifiquei em várias partes.
ahujahuiha... "Vou te contar que eu coleciono os seus erros, desvendo os seus segredos e os seus pretextos eu já seio de cor."

Uma parte da minha vida que prefiro esquecer!
=/

TOTY disse... Responder

Gabi...Linda Gaby...Tbm tenho um carinho enorme por vc! Uma admiração sem tamanho. Sou sua fã! Um lindo ano novo pra vc tbm flor...Com muita paz, amor e poesia!! Beijo enormeeeee!

@philipsouza disse... Responder

Tmb tenhu muitas saudades de antes... de hoje e sempre....

bjao

Pequena :) disse... Responder

Eu já ia dizer que esse texto foi o seu melhor em minha opinião, mas não é só na minha. haha. Bati o olho nos comentários e tem gente que concorda.
Só que é "meio errado" dizer isso, porque você sempre se supera, Gabi.
Sou tua fã.
Concordo com TUDO que você diz em cada parágrafo, sério. Muito bom. E gostoso de ler.. seu ritmo de escrever combina com o que eu gosto de ler. *-*

E obrigada pelo carinho de sempre...
Pequena tá atualizado (finalmente, haha!)

Beijão, diva literária.

Bianca Brito disse... Responder

Quero mais posts! Raaam
E tem post novo lá no Modelando Paradigmas, depois passa lá!

Beijos

www.modelandoparadigmas.blogspot.com

Erica Ferro disse... Responder

Lindo, lindo e lindo, Gabi!
Ser amado é a maior e melhor bênção.
Quando não se é, a dor rende poesia e muitas noites mal dormidas.

Beijo.

Tácila R. disse... Responder

Quem dera ser alguém em que 'ele' se apega, e não desapega nem por desejo de outra menina.
Quem dera. Mas já me dizia os personagens de um filme de sábado a noite, que amor é sinônimo de sofrimento, e é quase obrigatório.
Beijos e beijos, texto maravilhoso !

hot girl disse... Responder

nice post,
lovely picture.

C. disse... Responder

Oi querida, quanto tempo...

Muito bem Gabi, bonito a maneira leve, mas profunda, que deixou esse amor fluir sem cobrar... nem do gênio.

No fim das contas, o verdadeiro amor nunca deverá ser responsabilizado por dores, perdas ou danos e tem amplos poderes para neutralizar todas as batalhas, mesmo quando a gente perde. A gente nao ganha sempre.

bjim

Deixe um comentário

Bem-Me-Quer, Mal-Me-Quer

^
Segredos de Travesseiro © 2012 | Layout por Kakau com Limão | Ilustração por Desi.