Sobra tanta falta




Eu procuro uma palavra que me caiba, que me seja inteira, que me sirva de alento, me cubra de sentido e me transforme em poesia. Preciso encontrar uma palavra que salve uma vida e que me diga como é que se faz para enfrentar os dias e encarar as noites sempre tão cheias da sua falta. É tanto amor ainda para declarar, você nem sabe. É tanta vida que eu queria viver para você. Tanta existência para se resumir em exclamações. Há tanto de você em mim, ainda, para verbalizar. E agora, esse tal de amor resolveu teimar comigo – como se não bastasse me enlouquecer aos poucos - dizendo que não vai embora e pronto. Amor estúpido, que sai por ai tomando decisões, escolhendo um nome, um endereço, um rosto e um coração só para me causar saudade.

Eu já usei de tantos amanhãs e, talvez, ainda precise de tantos outros para me convencer de que tudo passa. Ainda bem que tenho a poesia para enfeitar os meus silêncios. Ainda bem que a gente se encontrou um dia, né? Eu sei bem como é essa vida sem você comigo. Imagino como ela seria se nossos dedos, nossas pernas, nossos braços e nossos corações ainda estivessem entrelaçados. Mas, eu não consigo imaginar essa minha vida sem esse nosso encontro. Acho isso tão bonito, que chego a chover em melodia. Eu acho que todo amor merecia ser recíproco, sabe? Desde logo me ensinaram que é pecado desperdiçar. Ei, meu bem. Só para garantir que você não vai esquecer – em meio a esse inverno que faz todo domingo – eu te amo.











P.S.: O título é uma menção à uma música de O Teatro Mágico






***




Olá, queridos amigos. 

Demorei, mas voltei. Como vocês podem ver, estou de casa nova. Contei com a ajuda da talentosíssima Desi do blog Sintonias para fazer essa reforma toda. Sempre muito prestativa e paciente, ela é responsável por praticamente todas as mudanças que acontecem aqui no blog. Aproveito para mostrar para vocês um mimo que ela me enviou de presente de natal: uma pulseira com um pingente de passarinho desenhado por ela e um cartãozinho super fofo =)






Uma das melhores coisas que me aconteceram com esse blog - se não a melhor delas - foram as amizades que conquistei aqui. Aproveito para agradecer à Desi e para desejar a todos vocês um 2011 incrível. Que tenhamos um ano novo com mais amor, mais paz e mais sorrisos. E que vocês continuem compartilhando dos meus Segredos de Travesseiro. 




Paz e Bem!

22 comentários:

Carlinha disse... Responder

Tava sentindo falta de suas postangens!! =DD
Muito lindo Gabi, mas espero que só as tristezas e as dores passem, por que o amor e a felicidade não precisam ir embora, e estes eu faço questão que fiquem!!

=*

Anynhaa disse... Responder

Meninonaaa... como sempre esta de Parabéns pelo blog, por escrever tão bem sempre e por achar simplesmente maravilhoso todos seus posts... Vê se em 2011 não deixa esse espaço imenso entre uma postagem e outra, quero passar aqui e ler coisas novas todos os dias!

A propósito, um FELIZ 2011, como diria: paz e bem! =)

Bjusss querida

Pequena disse... Responder

Bem te quero.
Quero bem também essas tuas palavras cheias de sentido, cheias de sentir.
Meus comentários são sempre os mesmos, você se supera... você surpreende! Adorei, bi. Adorei.

" Acho isso tão bonito, que chego a chover em melodia. Eu acho que todo amor merecia ser recíproco, sabe? Desde logo me ensinaram que é pecado desperdiçar."

Todo amor verdadeiro deveria ser. ;)
Merecia.

Beijos grandes, da pequena.

●๋• тнαi иαรciмєитσ disse... Responder

Você escreveu muito bem esse texto. Perguntas que todos se fazem depois de um final repentino, quando uma das partes ainda não se conformou com esse final.

Que 2011 seja, de fato, incrível pra nós!

Silvana Alves disse... Responder

como sempre.. t´lindo o blog.. amei o layout Gabi... agora, volte mais vezes.. ou melhor, escreva mais vezes... beijoooo

Silvana Alves disse... Responder

como sempre.. t´lindo o blog.. amei o layout Gabi... agora, volte mais vezes.. ou melhor, escreva mais vezes... beijoooo

pequena disse... Responder

Ai que texto lindo, a Desi é mesmo super talentosa e o blog tá muito legal flor rss

Adorei de verdade rs

bjoconas e bom domingo!

Juliane S. Rocha disse... Responder

A poesia me traz liberdade. E realmente gostaria que o amor não fizesse sofrer.
Achei lindo o presente.
Meus votos de bom ano para ti.
Beijos...

pequena disse... Responder

Amiga a bolsa era 449,0 mas eu comprei com 30% de desconto porque a Arezzo da minha cidade já está começando a fazer liquidações e promoção.

bjo

TOTY disse... Responder

É uma honra ter alguém que admiro tanto como seguidora. Também sou sua fã Gabi...Td lindo aqui, como sempre...Feliz ano novo! Mto amor e poesia ! Bjo grande!!!

Flor disse... Responder

Flor, primeiramente, que lindo que ficou! To me sentindo em casa (:
E oh, parabéns! Agora você é .com ! Não é mais limitada ao blogspot haha To cheia de orgulho (: Atualiza com mais frequencia .. Quem sou eu pra falar em frequencia né? Mas seus textos lindos fazem falta. E oh, 2011 vai te trazer um amor lindo, novo, calmo.. e você vai se inspirar muito!

Eu amo você ♥

pequena disse... Responder

To pasando pra deixar bjocas flor e obrigada pelas visitas sempre fofas e carinhosas!

xerim

Dany disse... Responder

Oi Gabi!!

Como já falei no facebook, eu ameeeeeeei o novo visual do blog!
Tudo lindo, cada detalhe!!! Amei e amei!

Me identifiquei muito com esse texto!
Vc em muitos trechos falou por mim!
Acho isso o máximo! hahah

Como a Jô falou, vc sempre se supera!!

Que lindo o cartão e a pulseirinha, tô louca atrás de um cordão com pingente de passarinho!

Um feliz 2011 pra vc também!!!

Beijos Mil.Oi Gabi!!

Como já falei no facebook, eu ameeeeeeei o novo visual do blog!
Tudo lindo, cada detalhe!!! Amei e amei!

Me identifiquei muito com esse texto!
Vc em muitos trechos falou por mim!
Acho isso o máximo! hahah

Como a Jô falou, vc sempre se supera!!

Que lindo o cartão e a pulseirinha, tô louca atrás de um cordão com pingente de passarinho!

Um feliz 2011 pra vc também!!!

Beijos Mil.

Erica Ferro disse... Responder

Concordo que todo amor deveria ser recíproco. Quer dizer, assim seria mais bonito, menos sofrido. Porque sofrer, convenhamos, não é nada bom.

Ah, e eu me sinto toda leve depois de ler suas palavras. Sua poesia acerta em cheio minha alma e coração.

E pode crer. É muito bom poder te ler e ter sua "amizade bloguística", hahaha (pena não termos assunto no MSN, né? =/).

Beijo.
Feliz 2000esempre.

*Maluh Mah* Marinha Luiza disse... Responder

Alguns amores não são recíprocos, mas, como vc mesma disse, o que seria da vida se não passássemos por esses acontecimentos?


E essa música do Teatro é linda!

Poupée Amélie™ disse... Responder

Talvez a palavra que busca para definir esse momento seja saudade.
Saudade do que passou e saudade daquilo que sequer chegou a acontecer.
Lindo post!
BeijO*

mari. disse... Responder

Que coisa perfeita! Resumiu bem o que eu tô sentindo agora. É tanto amor que, às vezes, não consigo nem respirar. Só quando ele respira comigo. *-*

Lindo! =D

Ministério da saúde disse... Responder

Olá Blogueiro,

As enchentes fizeram centenas de vítimas nos últimos dias. Para impedir que a situação se agrave é preciso que os sobreviventes saibam como lidar com esta realidade e tomar as medidas de prevenção necessárias para evitar doenças graves. E você, blogueiro, pode ser nosso parceiro nessa divulgação e nos ajudar a salvar vidas. Caso queira participar desta ação, entre em contato com ocomunicacao@saude.gov.br que enviaremos o material necessário.

Ana Paula de Oliveira Mazoni disse... Responder

Querida, que bom que bom que bom!!!

Nossa, faz bastante tempo que não venho aqui, confesso e peço desculpas. Promessa de ano novo ... voltarei sempre ... saudade daqui!

disse... Responder

ADOREI!

ADOREI!

COMO SEMPRE, NE!!!!

E adorei a casa nova!

bjo

C. disse... Responder

Tinha certeza havia deixado um comentário nesse post, pq lembro da pulseira...

Saudade de tu flor de travesseiro ;)

tataahcruz disse... Responder

Muito lindo! Amei, amei
:D

Deixe um comentário

Bem-Me-Quer, Mal-Me-Quer

^
Segredos de Travesseiro © 2012 | Layout por Kakau com Limão | Ilustração por Desi.