Da (Sobre)Vivência



Quem me vê por aí, caminhando presentes e exibindo o viver a cada tempo, não imagina quantas vezes eu já morri nessa vida. E ainda morro. De amor, de saudade, de medo, de dor, de vergonha, de vontade, de rir, de chorar, de chorar de rir e por tanto sentir e, ainda assim, (sobre)vivo. A vida é mesmo uma loucura certeira. É um agora trajando dia, calçando pretéritos e com os cabelos despenteados pelo vento da incerteza. Viver é somar hojes e esperar ter como resultado alguns bons amanhãs.



8 comentários:

JasonJr. disse... Responder

Seu cantinho é lindooo! :D Add na fachadinha do meu céuzinho!
http://jasonjrcajazeir.blogspot.com.br/

Pri Dias disse... Responder

Que texto mais fofoo.

Maíra K. disse... Responder

Isso mesmo! Viver não é apenas existir. É aprender com os erros e acertos, é caminhar em frente mesmo diante de todos os obstáculos a nós impostos.

beijos!

Sol disse... Responder

Teu blog tem sido minhas orações de cada dia...

mais uma vez lindo.

=*

Anônimo disse... Responder

De alto nível.
Luiz Cláudio

Vanessa_Oliveira disse... Responder

LINDO !!!

Esperança sempre no melhor Gaby
beijo grande ****

Wanderly Frota disse... Responder

E que loucura, Gaby!
A gente precisa é acreditar sempre pra não deixar o coração diminuir!

Lindíssimo.

Beijo!

Sol disse... Responder

Costumo dizer que viver é morrer todo dia...


Beijo, Gabi!

Deixe um comentário

Bem-Me-Quer, Mal-Me-Quer

^
Segredos de Travesseiro © 2012 | Layout por Kakau com Limão | Ilustração por Desi.