Eu, eu mesma e a minha consciência


Deixe-me viver a minha paz do jeito que eu acho certo, da maneira que eu quero, com cheiro e gosto de proteção. Esqueça-se do que me falta e se atente ao que eu trago de bom. Entenda que eu - como qualquer outra pessoa - busco o que é melhor pra mim, ainda que de um jeito torto, por caminhos oblíquos, indo por atalhos ou não. No fim das contas, para mim o que importa mesmo é o que me faz abandonar os invernos de dentro, o que ilumina o riso e colore a vida. Eu percebi, que apesar de toda opinião, conceito ou julgamento a meu respeito, no fim vai ser sempre eu, eu mesma e a minha consciência. Pois, sou a única que pode viver a minha vida por mim.


12 comentários:

Aninha disse... Responder

Tão eu...

Gislane Mendes disse... Responder

adoreii

Thaisa Schelles disse... Responder

Perfeito! =)

R.D.S. disse... Responder

ótimas palavras

Poeta da Colina disse... Responder

Mantenha-se fiel aquilo que sente.

Guilherme disse... Responder

Deixe-me nos meus próprios passos. Ainda que a trilha seja tua também. Deixa-me com o canto dos pássaros. Não julgue se falo com o amanhecer do dia. Deixe-me com a minha própria Alma.

Priscila Pedrin disse... Responder

Belo.
Deixe do meu jeito, que assumo os meus erros, revelo minhas verdades. Procuro o equilíbrio. Me querer bem me faz bem e feliz!

Erica Ferro disse... Responder

Dizer o que agora?
O mesmo que a Aninha: tão eu!

Ótimo, Gabi! Sempre me identifico com suas palavras. ;)

Sacudindo Palavras

Sol disse... Responder

Ninguém tem o direito de nos dizer o que é perfeito, principalmente em nossas próprias vidas. =)

Arianne Barromeü disse... Responder

Senti na alma a intensidade posta aqui. Maravilhoso, Gabriela!

Ah, já ia esquecendo... Venho convidá-la a conhecer o "Contarolando". É um blog apenas de contos e formado por 4 blogueiros. Espero sua presença lá, viu? Seu recado é importante para nós.(http://migre.me/9Zw9z)

Luciane Cândido disse... Responder

Adoro seu blog.

ASSPE disse... Responder

Delícia de página! Amo!

Deixe um comentário

Bem-Me-Quer, Mal-Me-Quer

^
Segredos de Travesseiro © 2012 | Layout por Kakau com Limão | Ilustração por Desi.