Daquilo que resta



Eu me lembro de você todos os dias, mas é uma lembrança sem penar, sem pesar, sem muita saudade do que foi e mais do que poderia ter sido. Ainda tenho alguns questionamentos, algumas palavras guardadas pra você, alguns pensamentos curtos sem muita intensidade. Penso mais em tudo o que aprendi, na força que eu nem sabia que tinha, na fé que eu tenho levado na vida e em mim, principalmente. A lembrança mais forte que eu tenho sua são daqueles seus olhos, que ficavam apertadinhos quando o seu sorriso teimava em ocupar todo o espaço no rosto. Era tão lindo isso e ainda deve ser. Lembro também de como eu me sentia com você: tão gente grande, tão maiúscula e, ao mesmo tempo tão frágil. Acho que deve ser assim mesmo, quando a gente gosta muito de alguém. Eu também acho que as coisas podiam fazer sentido, de vez em quando, só pra variar. 









Texto escrito em 22/08/11

15 comentários:

Murillo disse... Responder

Dizer o que quando é como se as palavras saíssem da minha boca? Sensacional, Gabi, como sempre.
Murillo.

Camii Lourenço disse... Responder

Adorei o texto! Como sempre, perfeito! *-*

Milka disse... Responder

amei!

Fernanda Fraga disse... Responder

Gabi de Deus, emocionei aqui.. Um dos textos ou senão o melhor texto seu, sublime.

Um beijo.

Raíssa França disse... Responder

Lindo o que você escreveu. Define tudo que venho sentindo e pensando. Acho que quando nós gostamos de alguém guardamos as melhores coisas, e acredito que os olhos é a parte de alguém que não mente.

=*

Ariana disse... Responder

Eu também me lembro de uma pessoa assim, exatamente.
E essas lembranças pra mim ás vezes são dolorosas.
Lindo texto!

Beijos

Alê Ferraz disse... Responder

... Tão gente grande, tão maiúscula.

Lindo, Gabi. Linda!

Poeta da Colina disse... Responder

Tudo que poderia ter sido é a ideia de um que na verdade depende de dois.

Brunna Silva disse... Responder

Engraçado. Há umas semanas atrás eu até lembraria certos alguéns com uma pitada de saudade, mas hoje, ao ler o texto, apenas lembrei.

:)
Beiijo!

Ariana disse... Responder

Este comentário foi removido pelo autor.
biancabritovski disse... Responder

nossa, quanto tempo não passo aqui. você continua escrevendo lindamente!
voltei pro mundo dos blogs, mas agora não mais com o modelando paradigmas, agora tô com outro mais voltado pra música, moda e arte. segue lá? um beijo!

Anônimo disse... Responder

Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse... Responder

I've been surfing online more than 2 hours today, yet I never found any interesting article like yours. It's рrettу ωοrth enough for
me. In my opinіοn, if аll websіte owners аnԁ bloggers mаde
gοod content аѕ you did, thе
internet wіll bе muсh mοrе
useful than eνer befοrе.

Αlѕо viѕit my homeρage www.video3d.es

Iasmin Cruz disse... Responder

E sempre terá alguém que nos faz ter lembranças.

Menina, quanto tempo, você faz falta lá no Refúgio.
Ah, tem sorteio lá no blog viu .
http://iasmincruz.blogspot.com.br/

Dani Aguiar disse... Responder

Traduz exatamente o que sinto!!!

Amei o texto, Gabi!
Parabéns!!!

Deixe um comentário

Bem-Me-Quer, Mal-Me-Quer

^
Segredos de Travesseiro © 2012 | Layout por Kakau com Limão | Ilustração por Desi.