Infinito e além


O amor estava ali há quinze minutos de distância e a um pensamento do meu alcance. Era inevitável questionar se eu cheguei tarde ou cedo demais, até me lembrar que foi você que - sem aviso - apareceu na porta da minha vida, num momento entre o quase e o possível; e me ganhou entre um e outro sorriso que você gentilmente me colocou no rosto. Quando eu me dei conta, você estava lá, diante do meu coração. E então eu me permiti o risco e disse: - Entra, mas não repara a bagunça. 

Você veio e trouxe junto a promessa de dias melhores. E trouxe os dias seguintes que se confirmavam um a um, cada qual especial e todos eles com gostinho de futuro. Na vida, às vezes, a gente precisa de alguém que nos lembre do nosso valor e foi isso que você fez por mim. Quando percebi, eu estava lá, com um sorriso bobo e com um lembrete colado na porta do coração: Não se esqueça de ser feliz, menina. A vida tem jeito. E, quando parecer que não, o amor inventa.


3 comentários:

Alexandre Barreto disse... Responder

Tocante!

Joyci Dias disse... Responder

Gabi, você tira as palavras pra dançar com uma leveza que só vemos quando a música que toca ao fundo é o amor verdadeiro. Que delícia!
Você merece toda a felicidade que cabe nesse mundo. Você é um encanto de menina. Fico feliz por você!

Um abraço e um beijo.

Pequena.

Simone Lima disse... Responder

Tao bom ter alguem que coloca nossas dores pra dormir e nos faz acordar mais leves e esperancosas.
Lindo post!!

Bjoo

Deixe um comentário

Bem-Me-Quer, Mal-Me-Quer

^
Segredos de Travesseiro © 2012 | Layout por Kakau com Limão | Ilustração por Desi.